🎶 Músicas Autorais

Sumário

Curiosidades

Quando tinha os meus 14 anos, resolvi pegar o violão de meu pai (Léo Batista 1), e juntamente com aquelas revistinhas de bancas de jornal, que ensinam os primeiros acordes, fui até a casa de meus avós paternos para estudar. Meu Tio Dedé, brincava, zuava, e dizia: “Deixe esse violão para lá, você não vai aprender nunca!”. Mal sabia ele que aquelas afirmações só trazia dentro de mim a vontade de aprender o básico do violão para as minhas terapias de descanso. E até hoje faço isso. Quando escrevo, parece pscicografia, vem como um raio… Eu escuto a melodia, gravo no celular, e depois escrevo a letra. Isso não desperta em mim, orgulho, mas apenas o prazer de tocar por tocar! E assim, vou seguindo…

Faixa a Faixa

Velho Amigo

Letra

Velho Amigo está no lado certo para seguir
No ar, vejo a paz
Elemento do amor
Que faz expandir
Seja onde for
E não há quem impeça
O Xamã já retornou

Viver, buscar e conhecer
É tudo que sempre quis
Seu reino compartilha
Liberdade e compreensão
Em saber os limites
Aonde os seus sonhos vão
Um arco, uma flexão
É um branco índio, então

Vai companheiro
Veja que tudo passar ligeiro
Viver experienciando
É a certeza do seu jeito!

Origem

Em um momento de grande prova em sua vida, meu grande amigo Sílvio Roberto compartilhou a sua experiência comigo, e a única coisa que me veio a cabeça foi inspiração para que essa música mostrasse que a sua vida é a certeza de suas experiências. Grande abraço meu irmão!

Eu e Você

Letra

Eu estou pensando em você
Por tudo que vivemos
Só tenho a agradecer

Eu sinto o seu amor
Como você o meu
Quero viver assim
Com você perto de mim
O resto tanto faz

Ah, ah, ah, amo você
Basta apenas isso
Para viver

Eu meu ausento algumas vezes
Por trabalho ou por dentro
Mas levo sempre você

Eu escolhi esse caminho
Muito árduo, mas também lindo
Por vocês está aqui
Tudo fica muito mais fácil
O resto tanto faz

Ah, ah, ah, amo você
Basta apenas isso
Para viver

Origem

Uma série de músicas foram escritas inspiradas em minha Musa, Allanna Lopes, e essa foi mais uma dentre tantas.

Eu Substantivado

Letra

A melhor forma de amar
É encontrar o seu “eu”

Se descubra, se conheça
Não desista do que queira
Os amigos lá de trás
Querem mesmo que não cresça

Mente e pensamento
Elos sempre num conjunto
Para o passo principal
Tenha a fuga pr’o seu mundo

Conhecimento é a chave
Abertura da sua porta
A prática é o domínio
Casa em moratória

Mas, não desista do que você quer
E reflita, com as críticas que vier
Mas, não desista do que você quer
E reflita, com as críticas que vier

Se enquadre em seus conceitos
Com os fogos de saturno
A erva que acende
É só por um minuto

Muito mais é a energia
Embutida em nossas células
Trabalhando em conjunto
E num pede nenhuma trégua

Luz e reflexão
Ascendendo em nossa porta
A energia de um sexo
Só vale por uma hora

Não perca aquela chama
É pra todo o percurso
E nem mesmo o bin-osama
Tirará do nosso curso

Mas, não desista do que você quer
E reflita, com as críticas que vier
Mas, não desista do que você quer
E reflita, com as críticas que vier

Origem

Essa dentre outras composições, foram escritas durante a morada na vila acadêmica da UFERSA, Mossoró/RN. Muitas indagações e conflitos pessoais foram vivenciados, que culminaram nessa canção.

Marginal

Letra

Quando se tem a liberdade de expressão
Vivemos à margem de tudo
A imagem ou a imaginação, refresca o meu submundo
Posso escolher, refutar, corroborar, as idéias impostas
Seleciono o meu pensamento
Pra qualquer uma lacuna de minha consciência

Ficar feito um ladrão
Guardado nessa indecisão

Eu preciso ser um marginal
O que eu sou , sou um marginal

Indivíduo mais ou menos anormal
Que vive à margem das normas éticas
A filosofia mensiona a ética
Como um valor de conduta humana
O que se ver no congresso nacional
E nos domingos matinais

Será realmente isso?
Estando todos nessa confusão

De princípios ideais
O que eu sou , sou um marginal

Diante da hipocrisia e tudo que se pode ver
Eu faço, refaço, despenso relatos
Eu sigo os meus passos pra onde eu quiser

O que eu sou, sou um marginal

A vida toda mendigando reportagens
Dos assaltos em nosso dinheiro
E a gente ainda quer ver, quer ver

Origem

Essa dentre outras composições, foram escritas durante a morada na vila acadêmica da UFERSA, Mossoró/RN. Muitas indagações e conflitos pessoais foram vivenciados, que culminaram nessa canção. A marginalidade reflete a saída dos ditames da sociedade, que em muitas situações, apesar de lícito, é imoral!

Paradigma

Letra

O paradigma reforça o nosso eu interior
Construímos o conceito do que vemos
E nem sempre os objetos têm o mesmo significado
Pois tudo depende da forma de como vemos o mundo

O mundo está em mim…
O mundo está em mim…

As coisas não são como elas são…
Tudo que navega é restrito a direção do navegador…

As máscaras se escodem
O erro se corrompe
Dentro do néctar do nirvana
E mesmo que não queira
Tenho a fórmula de tudo
Mesmo estando errado
O mundo é a forma de como eu vejo…

O mundo está em mim…
O mundo está em mim…

Há várias galáxias e diversos universos
E cada um constitui um desses
Interligados no mesmo carma
O planeta terra
E não se iludam, façam jus ao que vieram

Origem

Quando percebemos que a relatividade de nossas opiniões dependem de uma referência, torna-se transparente a Verdade. Observamos que o mundo é baseado naquilo que nos ensinaram. Mas tudo é ilusão! Você é aquilo que os outros percebem! Nós somos uma ilusão! Esvaziemo-nos e a Verdade se revelerá!

Velha Morada

Letra

Tanto tempo que não volto
Para casa dos meus pais
Passa tempo, passarinho diga a eles que vou já

A saudade só aumenta
A vontade de está aí
E sorri com o papai
Sorri com mamãe também

Com o maninho vou brincar
Rever novas lembranças
Quero voltar a chorar
Relembrando a velha infância

Vai passarinho
Voe alto sem parar
Diga logo que estou indo
Chego antes do jantar

Origem

Depois de 2005 quando saí de minha terra natal, Pau dos Ferros/RN, morada de meus pais, nunca mais consegui retornar por definitivo, fruto do destino. E essa música sempre reflete a saudade de minha velha morada.

Vídeos

  1. Energia Interior

    Instagram

  2. Eu Substantivado

    Instagram

  3. Menina Nordestina

    Instagram

  4. A Chamada Do Amantíssimo

    Instagram

  5. Agradecer

    Instagram

  6. O Presente Do Amor

    Instagram

  7. Irmão Beija-Flor

    Instagram

  8. Eu E Você

    Instagram

  9. Velha Morada

    Instagram

  10. Seja Você

    Instagram

  11. Dez Meses

    Instagram

  12. Chega De Maria

    Instagram

  13. Marginal

    Instagram

  14. Ídolos

    Instagram

  15. Estrela CP

    Instagram

Projeto Cantando com a estatística

FAQs

Saber mais sobre Ben Dêivide?

Ben Dêivide


  1. Meu pai gravou um disco chamado

    E o livro Pelos Caminhos de Ciriégola resgata poesias, textos e prosas inéditos de sua autoria. ↩︎